domingo, 6 de maio de 2012

Os anos 80 e a música no Brasil


Os anos 80 chegaram de braços abertos a todos o estilos, mas a predominância ficou com os alegres, coloridos e gliterizados da Dance Music, e com os melancólicos darks e góticos de roupas pretas e rostos pálidos. Muitas mudanças aconteceram, chegou ao fim a ditadura militar e o povo brasileiro reconquistou sua democracia com a campanha ‘Diretas Já’ e recebe uma nova ‘Constituição Brasileira’ que é a mesma que vigora até hoje.
Em 85 aconteceu o primeiro ‘Rock in Rio’ com o maior palco do mundo até então, bandas de pop e rock subiram ao palco da ‘Cidade do Rock’ para aquele momento que ficou na história da música. Entre todos que se apresentaram os destaques ficam para a banda Titãs com o seu segundo disco ‘Televisão’, Ney Matogrosso, Queen que declararam ter sido o maior show de sua carreira e Freddie Mercury entrou no palco com um sutiã de plástico com dois seios gigantes levando o público ao delírio, Iron Maiden, Erasmo Carlos, Gilberto Gil, Rita Lee/ Gilberto Gil relembrando, entre outras, músicas do disco que gravaram junto o ‘Refestança’; Os Paralamas do Sucesso, AC/DC que estavam no ano de lançamento do disco ‘Fly on the Walle que no começo da década haviam lançado o segundo disco mais vendido da história o ‘Black in Black’ que só ficou atrás do ‘Thriller’ de Michael Jackson; Scorpions, Barão Vermelho,que, ainda com o Cazuza no vocal, estavam vivendo uma ótima fase, digamos, de aceitação da mídia porque até 84 as rádios se recusavam a tocar as músicas da banda acreditando que não seriam promissores, Ozzy Osbourneo lendário ex-vocalista do Black Sabbath o cara que comeu um morcego, muitos não acreditaram que ele realmente se apresentaria e Rita Lee que declarou ter odiado participar por diversos motivos entre eles sua guitarra Telecaster Vintafe que foi roubada e a grande diferença de tratamento entre os músicos nacionais que não receberam os mesmos privilégios que os músicos internacionais, ela acredita ainda que ter participado da primeira edição do festival foi uma “burrada”.
Além disso aconteceram diversos outros fatos marcantes como a inauguração do Sambódromo, o auge da MPB, a consolidação da grande vertente rock o ‘Heavy Metal’. E o falecimento do ‘Pai do Rock Brasileiro’ Raul Seixas em 21 agosto de 89 e teve seu último disco ‘A Panela do Diabo’ lançado no dia seguinte e o de maior sucesso da sua carreira. 

Por mim publicado no site FutMus em 04/03/2012

Rita Lee no Rock in Rio